Formação encerrada para inscrições.

O Cérebro do Adolescente

Venha descobrir o mundo secreto dos adolescentes!

  • Sessão online via Zoom

Descrição do serviço

Venha participar neste webinar surpreendente e transformador, onde poderá: * Perceber como funciona o cérebro dos adolescentes * Descobrir o que pensam e sentem * Conhecer poderosas ferramentas para se (re)conectar com eles * Saber como ajudá-los a atingirem todo o seu potencial * Aprender a lidar com os conflitos O Webinar "O Cérebro do Adolescente" inclui: ✔ 1h30 de formação ao vivo ✔ Acesso à gravação da sessão para (re)ver mais tarde (disponível durante 7 dias) ✔ Dicas para melhorar a relação/comunicação com os seus adolescentes ✔ Estratégias simples mas poderosas e exemplos práticos reais ✔ Dinâmicas de grupo surpreendentes (para se colocar nos "pés" dos adolescentes) ✔ Perguntas & respostas: espaço seguro e sem julgamentos para colocar dúvidas e partilhar experiências ✔ Certificado de participação digital As vagas são limitadas! 🕐 Data: 25 de Junho (Sábado) às 21:30 - Hora de Portugal continental)* *a sessão tem a duração máxima de 2 horas (dependendo das interações) ⌛️ Inscrição: 19,95 euros por pessoa* *podem assistir 2 pessoas do mesmo agregado familiar, desde que no mesmo dispositivo 📍FORMA DE PAGAMENTO - Cartão de crédito ou Paypal (no site) - MB Way (96 58 29 225) ou transferência bancária para o IBAN PT50 0010 0000 3386 3230 0013 0 (fora do site: enviar comprovativo para o e-mail educarpelapositiva@gmail.com) 💻 LOCAL (online): Plataforma Zoom (https://zoom.us/) 👩‍💼 DESTINATÁRIOS: Pais, professores e todos aqueles que lidam com adolescentes e pré-adolescentes 🙋‍♂️TESTEMUNHOS sobre o Webinar "O Cérebro do Adolescente" "Passei a ser uma mãe mais consciente", Lurdes Pequicho (Pataias) "Recomendaria. Abre horizontes, demonstra e motiva", Mónica Redol (Santo Tirso) "É muito interessante e dá pistas para ajudar na relação familiar", Elisabete Almeida (Faro) "Foi motivadora e esclarecedora", Mara Gonçalves (Silves) "Faz-nos refletir (...) e tentar corrigir o que possamos estar a fazer de menos bem", Isabel Cavaco (Aljustrel) "Possibilitou-me aprender novas ferramentas (...) para trabalhar com adolescentes", Liliana Pinto (Vila Verde)